Empresas & Negócios

Detido escrivão do Tribunal do Cazengo por abuso sexual de menor e contágio de VIH-SIDA

10-02-2023 10:22

Gaspar Faustino

Jornalista

10-02-2023 10:22

Gaspar Faustino

Jornalista

Um escrivão do Tribunal do Cazengo, na província do Cuanza-Norte, foi detido e mantido em prisão preventiva, na última segunda-feira, por suspeita de abuso sexual e transmissão do vírus da SIDA a uma menina de 14 anos

Segundo apurou O Telegrama, o caso ocorreu em Novembro do ano passado. A vítima, em depoimento na presença dos progenitores, disse à Polícia que o arguido o aliciava com valores monetários e abusou dela repetidas vezes sem preservativo. Facto que fez com que o Ministério Público (MP) ordenasse o teste de VIH-SIDA. Feitos os exames à vítima, comprovou-se que é portadora do vírus. Perante estes factos, o magistrado do Ministério Público decidiu aplicar-lhe a medida de coacção mais gravosa de prisão preventiva, na tarde desta quinta-feira, 09.

De acordo com o porta-voz do SIC-Cuanza-Norte, “o facto ocorreu em meados de Novembro do ano passado e a menor, na presença dos pais, descreveu que o indivíduo a aliciava com valores monetários e que a violou pela última vez num matagal que dista a 11 km da cidade de Ndalatando”.

Partilhar nas Redes Sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
Email